[Voltar ao topo!]

Cinco escolas municipais já são autossuficientes em energia

Cinco escolas municipais já são autossuficientes em energia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Sistema de energia solar será instalado em 32 unidades da rede.

Depois das escolas Tiradentes II e Juracy Conceição, frentes de serviço da Prefeitura de Imperatriz concluíram nesta terça-feira, 05, a instalação de painéis fotovoltaicos nas unidades São Jorge I e Sousa Lima, localizadas no bairro Vilinha, e Wady Fiquene, setor Nova Imperatriz. 

Nesta etapa, foram instalados 479 dos 7.728 painéis adquiridos com recurso do precatório do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério, Fundef. O investimento total é de R$ 10,1 milhões com perspectiva de retorno em um prazo de 30 meses.

Projeto de eficiência energética desenvolvido pela Prefeitura vai contemplar 32 unidades da rede municipal com sistema de energia solar. Próxima escola a ser beneficiada será a Professor José Queiroz, na Vila Vitória.

Conforme informou o secretário municipal de Administração e Educação, José Antonio Pereira, cada unidade recebe o quantitativo de módulos equivalente ao consumo, aliando economia e sustentabilidade. “Após manutenção dos telhados, cada prédio recebe módulos com painéis e um sistema de captação e distribuição de energia, o suficiente para praticamente zerar a fatura de energia elétrica do prédio”, detalha.

Sobre o custo-benefício do investimento, o prefeito Assis Ramos destaca que é um projeto para as gerações futuras. “Prazo médio de vida útil de cada conjunto desses é de 25 anos. Energia limpa e renovável que beneficiará inclusive filhos de alunos que estudam nessas escolas hoje”, comentou.

Com a redução de cerca de R$ 4 milhões ao ano em consumo pelo sistema convencional, o prefeito anunciou que o Município irá investir na climatização de 100% das 147 unidades da rede. “A energia solar é o futuro da energia no mundo e ter esse sistema na escola já coloca as crianças diante do que há de mais moderno, possibilitando assim, estudar em um ambiente mais confortável com a climatização das salas de aula, outro projeto que iniciamos no primeiro ano de gestão e que conseguimos acelerar graças a esse recurso do Fundef”, completou.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Cinco escolas municipais já são autossuficientes em energia

Enviando Comentário Fechar :/