[Voltar ao topo!]

Vigilância sanitária interdita estabelecimentos irregulares no Mercadinho

Vigilância sanitária interdita estabelecimentos irregulares no Mercadinho
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

A fiscalização e autuação pela Prefeitura foram recomendações do Ministério Público.

Neste sábado, 09, a Vigilância Sanitária interditou estabelecimentos por descumprirem as normas de segurança e prevenção ao Coronavírus, Covid-19, no setor Mercadinho de Imperatriz. A inspeção e fiscalização interditou estabelecimentos não essenciais. A ação ocorreu em parceria com a Vigilância Epidemiológica e Setor de Vetores, assim como as Polícias Militar e Civil, para autuação desses locais.  

O distanciamento social foi prorrogado até 19 de abril. Decreto nº 54, assinado pelo prefeito Assis Ramos, mantém restrições anteriores do comércio, com a ampliação do horário de funcionamento dos supermercados até às 22h.

Coordenadora Interina da Vigilância Sanitária, Valdenice Ribeiro, explica que a intervenção foi uma recomendação do Ministério Público. “O número de casos só aumenta, porém, a população tem dificuldades em obedecer e cumprir as medidas que tratam da prevenção e combate da Covid-19”, declarou sobre a importância da ação.

No Centro da cidade, a Secretaria de Planejamento Urbano, Seplu, com o apoio da Guarda Municipal, também apurou irregularidades em estabelecimentos, como desrespeito à distância mínima entre cada cliente, falta do uso de mascarás pelos funcionários e a disposição de mesas para atendimento do público. Durante a atividade, proprietários dos locais foram orientados sobre a maneira correta de atendimento dos clientes e receberam sinalizadores de alerta e álcool gel para o público.

A fiscalização da Seplu interveio na realização de uma feira em frente ao um Shopping Center da cidade, com a ocorrência da evacuação das pessoas do local. O secretário de Governo, Eduardo Soares, pede sensibilização das pessoas para redobrarem os cuidados. “A prevenção de hoje repercute positivamente em menos casos, mas a negligência pode repercutir em novos casos em até 15 dias”, declarou.

O boletim epidemiológico sobre a situação do Coronavírus divulgado na última sexta-feira, 08, registra 409 casos positivos na cidade e 19 óbitos por conta da doença.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Vigilância sanitária interdita estabelecimentos irregulares no Mercadinho

Enviando Comentário Fechar :/