Terça, 11 de Agosto de 2020 16:33
(99) 98133-6017
Policial DECISÃO JUDICIAL

Dioni Alves pode ficar fora das eleições em Ribamar Fiquene

O pré-candidato teve seus direitos políticos suspensos pela Justiça por cinco anos.

25/07/2020 11h19 Atualizada há 2 semanas
529
Por: Angra Nascimento
Dioni Alves teve contas reprovadas.
Dioni Alves teve contas reprovadas.

O ex-prefeito de Ribamar Fiquene, Dioni Alves da Silva (Solidariedade), teve os seus direitos políticos suspensos em ação pública por ato de improbidade administrativa, ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPE), referente a prestação de contas do exercício finaceiro de 2007.

Com isso, pode ficar fora das eleições municipais previstas para o dia 15 de novembro.

A sentença foi dada pelo juiz Eilson Santos da Silva, titular da comarca de Montes Altos, que determinou a suspensão dos direitos políticos de Dioni por cinco anos.

Segundo a Justiça, na prestação de contas foram encontradas diversas irregularidades, que acarretaram a reprovação de contas apresentadas por ele. A decisão inviabiliza candidatura ao cargo de prefeito de Ribamar Fiquene.

Ainda cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TER), e a penalidade só passa a valer com o trânsito em julgado, ou seja, com o fim da possibilidade de recursos por parte do réu.

Veja a sentença judicial.
2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.