Terça, 19 de Janeiro de 2021 09:25
(99) 98133-6017
Cidades CASA VERDE E AMARELA

Hildo Rocha diz que inclusão do Casa Verde e Amarela na LDO de 2021 é um passo decisivo para a concretização do programa

Programa Casa Verde Amarela foi aprovado sem garantia de execução, pois não há recursos orçamentários nem financeiros.

18/12/2020 10h46 Atualizada há 1 mês
Por: Angra Nascimento Fonte: Assessoria
Deputado Hildo Rocha defende projeto.
Deputado Hildo Rocha defende projeto.

O presidente da Frente Parlamentar da Habitação Popular, deputado federal Hildo Rocha, afirmou que a aprovação do parecer do Senador Irajá (PSD-TO), referente ao PLN 9/2020, que versa sobre a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021 é mais uma demonstração de que os deputados e senadores estão dispostos a contribuir para a consolidação do programa.  

“O Programa Casa Verde Amarela foi aprovado sem garantia de execução, pois não há recursos orçamentários nem financeiros. Mas, nós lutamos e conseguimos dar um passo decisivo para a solução dessa questão. Assim sendo, conseguimos colocar como prioridade o programa habitacional Casa Verde e Amarela”, afiançou Hildo Rocha. 

O parecer do Senador Irajá foi lido e aprovado quinta-feira (16) durante sessão do Congresso. Preocupado falta de recursos orçamentários para o Programa Casa Verde e Amarela na LDO para o próximo ano o deputado Hildo Rocha fez gestão junto ao Senador Irajá que prontamente acatou as recomendações do parlamentar maranhense. 

O deputado destacou que a aprovação do relatório do senador Irajá ainda não é a solução final. “É um avanço significativo pois conseguimos ampliar as possibilidades de êxito nessa luta que requer muito diálogo, muito esforço e habilidade para contornarmos as dificuldades. No ano que vem temos que conseguir pelo menos R$ 3 bilhões para construção de casas populares em municípios de até 50 mil habitantes”, explicou Hildo Rocha. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.