Quarta, 20 de Janeiro de 2021 00:21
(99) 98133-6017
Cidades BALANÇO

Frederico Ângelo cumpre agenda na Casa Civil e faz avaliação positiva de ações da AGEMSUL em 2020

Frederico Ângelo destaca o diálogo permanente com as prefeituras como ponto importante para atender as demandas locais.

29/12/2020 14h36
Por: Angra Nascimento Fonte: Assessoria
Frederico Ângelo durante encontro em São Luís.
Frederico Ângelo durante encontro em São Luís.

Reunido com o Secretário de Estado da Casa Civil, Deputado licenciado Marcelo Tavares, e assessoria política e técnica do governo, o presidente da AGEMSUL, Frederico Ângelo, avaliam a agenda de ações desenvolvidas na Região Tocantina durante o ano de 2020 e os novos planejamentos para 2021. 

Frederico Ângelo destaca o diálogo permanente com as prefeituras como ponto importante para atender as demandas locais. “Neste ano de pandemia destacamos as ações de prevenção, como a desinfecção realizada em várias cidades, executadas em parceria com o Corpo de Bombeiro Militar, distribuição de máscaras e ainda, a perfuração de poços artesianos, construção de rede de distribuição e reservatórios que também auxiliaram no controle da pandemia.”

Com a responsabilidade integrar a organização, o planejamento e a execução das funções públicas de interesse comum em 22 municípios, a Agência Metropolitana mantém a mesma agenda de parcerias com os prefeitos através do Governo do Estado do Maranhão, completou o presidente Frederico Ângelo. “A AGEMSUL vem dialogando ao longo de todo o ano com órgãos e entidades públicas e privadas, visando o planejamento integrado e o cumprimento de funções públicas de interesse comum. Partimos daí o esforço conjunto, em parcerias com diversas secretarias de Estado, que resultaram em diversas ações que beneficiam cidades da Região Tocantina e que compõe Região Metropolitana”, completou.

Para o ano de 2021, a AGEMSUL vai intensificar a parceria com os novos prefeitos e os reeleitos com o objetivo de manter a integração e a participação do Governo do Estado no atendimento as demandas sociais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.