Terça, 02 de Março de 2021 10:31
(99) 98133-6017
Política BOMBA, BOMBA!

Empresário aliado do prefeito Léo Cunha afirma que vereadores não tem moral de um cachorro

Em apenas 45 dias, a gestão do prefeito Léo Cunha coleciona polêmicas.

17/02/2021 20h08 Atualizada há 2 semanas
Por: Angra Nascimento
Anoã Justino presta serviço para a prefeitura de Estreito sem licitação.
Anoã Justino presta serviço para a prefeitura de Estreito sem licitação.

A saga "tiro no pé" continua em Estreito! Enquanto isso o Secretário de Articulação Política serve apenas de fantoche. Desta vez um empresário que apoiou a campanha de Léo Cunha, e de forma mágica presta serviços para a prefeitura sem licitação, disparou um míssel contra o poder legislativo municipal.

Anoã Justino afirmou em um áudio compartilhado por em um grupos de WhatsApp, como o aliado do prefeito enxerga os vereadores da cidade. Léo Cunha vai ter de resolver esse problema, afastando o empresário da gestão ou concordando que os vereadores merecem tais adjetivos e assim mantendo seus serviços. Os áudios são muito fortes, Anoã Justino chamou os vereadores de "cachorros", "sem moral" e "devedores". A gravidade aumenta quando o empresário afirma que os vereadores estão quietos, dando entender que algo os deixa calados.

Enquanto isso tudo acontece, Cloves Valadares, Secretário de Articulação Política parece estar morto, apenas recebendo salário, sem qualquer moral ou possibilidade de interferir nestas ações desastrosas dos próprios aliados.

O empresário Anoã Justino tem prestado serviços de instalação e manutenção para a prefeitura de Estreito mesmo não tendo ocorrido qualquer processo licitatório, enquanto várias empresas na cidade assistem sem entender o que anda acontecendo. Os valores do serviço é outro mistério porque não existem dados referentes no portal da transparência, impossibilitando qualquer fiscalização seja por parte da população ou órgãos de controle.

Fica a pergunta, como Anoã conseguiu prestar serviços para a prefeitura sem licitação? Por que a empresa dele foi a escolhida? O poder público contratou Anoã ou a sua empresa? Agora parece que os vereadores que ele chamou de "cachorros" terão de pedir explicações e mostrar que tem "moral" que ele afirmou não existir. 

O promotor de justiça, Eduardo André Aguiar Lopes não vai deixar isso passar barato, afinal, ele é um dos promotores mais respeitados e duros quando assunto e respeito aos erário público.

Resta saber agora se Anoã continuará a prestar serviços para a prefeitura de Estreito sem passar por qualquer processo de licitação ou se os vereadores irão mostrar sua força. Enquanto isso continua a novela do fogo amigo e o Secretário de Articulação Política só escondido.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.