Terça, 02 de Março de 2021 11:57
(99) 98133-6017
Cidades DIREÇÃO ESCOLAR

Gestores de escolas municipais passam por processo eleitoral

142 candidatos concorrem a 138 vagas disponíveis.

23/02/2021 20h27
Por: Ana Paula Fonte: Assessoria
Processo eleitoral estende-se até quinta-feira, 25.
Processo eleitoral estende-se até quinta-feira, 25.

IMPERATRIZ- As escolas da zona rural de Imperatriz deram início nesta terça-feira, 23, ao processo eleitoral para gestores escolares da rede municipal de ensino. Dividida por setor, o calendário de votação vai até o dia 25 de fevereiro em 138 unidades de ensino.

Conduzida pelo Conselho Municipal de Educação, CME, com apoio logístico e transparente da Secretaria Municipal de Educação, Semed, as eleições ocorrem via votação direta da comunidade escolar. Foram registradas candidaturas de 142 inscritos, entre reeleição e novo pleito, para gestão de dois anos.

No dia 24 de fevereiro será a vez da escolha popular das comunidades escolares concentradas na área I, localizadas a direita da BR 010, sentido povoado Camaçari. No dia seguinte, as escolas da área II, a esquerda da BR 010, sentido centro

“É a oportunidade da população de decidir quem será o profissional habilitado para conduzir a unidade escolar que seu filho faz parte. Claro que, deve-se levar em consideração a competência, disponibilidade e formação adequada do candidato, para que o trabalho seja reflexo na qualidade do ensino”, observou o secretário de Educação, José Antonio Pereira.

A votação ocorre das 8h às 17h, nas instituições escolares e podem participar professores, servidores, alunos maiores de 15 anos, pais dos estudantes ou responsáveis legais. “Seguimos o mesmo formato do processo eleitoral político, com voto secreto e comissão eleitoral. A apuração é pública e os candidatos devem estar presentes”, explica Francisco Silvestre Filho, presidente do CME.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.