Domingo, 11 de Abril de 2021 05:03
(99) 98133-6017
Policial LUTO

Mulher que aguardava para ser transferida para São Luís, não resiste e morre em decorrência da Covid-19

Luana Cristina Gurgel Camacho morreu na madrugada deste sábado.

27/02/2021 14h20
Por: Angra Nascimento
Luana Cristina não resistiu aos sintomas da Covid-19.
Luana Cristina não resistiu aos sintomas da Covid-19.

IMPERATRIZ - A paciente Luana Cristina Gurgel Camacho, que estava grávida de oito meses quando foi infectada pelo novo coronavírus, não resistiu às complicações da doença, e morreu enquanto aguardava para ser transferida para a capital São Luís. Segundo a família, ela voltou a sofrer parada cardiorrespiratória e veio óbito na madrugada deste sábado, 27. 

Luana Cristina estava sendo assistida pela equipe multiprofissional do Hospital Regional Materno Infantil de Imperatriz. Seu quadro clínico era considerado grave. 

Seu marido Cairo Yuri, chegou a fazer um apelo na internet, pedindo a transferência da esposa para São Luís. Teve seu pedido atendido, mas a mulher não teve estabilidade clínica para ser transferida. 

De acordo com relatos de Cairo, a equipe médica que acompanhou Luana no Hospital Materno Infantil informou ainda nesta sexta-feira, que o quadro dela havia melhorado e que ela reagia ao tratamento. 

Segundo a equipe médica, uma transferência em UTI aérea poderia colocá-la em risco. Diante disso, a família também optou por não fazer a transferência.

Parto cesariana 

Ao ser internada em estado grave, a mulher foi submetida a um parto cesariana. O bebê está bem, mas segue internado numa UTI neonatal, aguardando resultado do teste de Covid-19, previsto para a próxima segunda-feira, 1º. 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.