Domingo, 11 de Abril de 2021 04:21
(99) 98133-6017
Cidades EDUCAÇÃO

Nova faculdade de Medicina de Açailândia inicia suas aulas com o objetivo de impactar positivamente a região

As aulas têm início confirmado para a próxima segunda-feira e começarão de forma remota.

31/03/2021 20h37 Atualizada há 1 semana
Por: Angra Nascimento Fonte: Assessoria
As aulas já começam na próxima segunda-feira 05.
As aulas já começam na próxima segunda-feira 05.

AÇAILÂNDIA - Os estudantes de Açailândia e região têm mais uma grande opção de tentar a carreira em Medicina. A nova Faculdade de Medicina de Açailândia já deu partida em suas atividades e inicia suas aulas na próxima segunda-feira (05/04), com o objetivo de formar novos médicos e tornar a cidade, cada vez mais, referência acadêmica na área da Saúde da região.

A Faculdade de Medicina de Açailândia (FAMAC) foi aprovada junto ao Ministério de Educação (MEC), credenciada pela Portaria Nº 120, de 02 de março de 2021, e o curso de Medicina foi autorizado por intermédio da Portaria  nº. 192, de 04 de março de 2021.

As aulas têm início confirmado para a próxima segunda-feira (05/04) e começarão de forma remota, sendo que as aulas práticas serão iniciadas de acordo com os decretos sobre a pandemia e índices epidemiológicos do Covid-19 na região. No mesmo dia do início das aulas, haverá o começo da ‘Semana Onboarding’, um evento remoto que fará a recepção e a ambientação dos calouros junto à faculdade.

Sua estrutura conta com 1 auditório de 250 lugares; 6 consultórios de simulação e atendimento aos pacientes; 2 laboratórios do eixo morfofuncional; 1 laboratório de microscopia; 1 laboratório de Microbiologia; 2 laboratórios de simulação realística; biblioteca com salas e cabines individuais de estudo; 6 salas de tutoria e 1 sala para Iniciação Científica e Tecnológica disponíveis para os 50 acadêmicos, que fazem parte da primeira turma da história da faculdade. Serão, ao todo, 50 acadêmicos matriculados por ano, desses, cinco açailandenses que terão direito a bolsas integrais.

O diretor geral da instituição, Marcos Diego, comenta sobre os impactos positivos que a faculdade traz para a região: “temos um compromisso efetivo para com o desenvolvimento da região, buscando não só o atendimento das vocações regionais, mas o desenvolvimento de novas perspectivas que estimulem a atividade econômica, social e cultural de sua área de abrangência. Ressaltamos, ainda, o papel que exercemos como instrumento de democratização das oportunidades sociais”.

“Nossa missão é de educar para transformar cidadãos e profissionais com valores humanos, autonomia, responsabilidade socioambiental, para contribuir com o município de Açailândia, do Estado do Maranhão e da região Nordeste do Brasil. Nos preocupamos com a qualidade da educação, elemento indispensável para o desenvolvimento do país, aliado ao ideal de sustentabilidade, uma vez que educar para um mundo sustentável é premissa básica para o desenvolvimento da cultura de preservação das perspectivas de futuro”, completa.

Segundo Marcos Diego, a faculdade promoverá experiência em metodologias ativas; em práticas simuladas nos laboratórios e nos campos de saúde do SUS de Açailândia desde o início do curso; alinhamento aos avanços da Medicina no Século XXI; programas de residência dentro da própria organização, para os quais o aluno pode ser encaminhado, com a missão de ser uma referência na formação de médicos na região.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.